fbpx
Bem-Vindo!

Princípios, a chave para um ensino transformador

Somos a geração da mudança, da velocidade. Falar de educação nessa sociedade é um grande desafio. É preciso coragem (tendo o entendimento de que coragem não é ausência de medo, mas a capacidade de enfrentar o medo) estamos diante de um movimento de imposição e até mesmo alienação, se não avaliarmos o cenário com sabedoria corremos o risco de perder o tempo e a geração que estamos formando. É nesse momento que entra a importância do cristianismo e da educação cristã em uma sociedade desnorteada e que prega um “cristianismo raso”.

A primeira coisa que precisamos ter em mente é que não existe educação neutra, sempre existirá uma ideologia por trás da educação, portanto não existem apenas dois modelos de educação: secular x cristã. A ideologia que permeia a educação não é necessariamente política, é também religiosa, ou seja, sempre será utilizada uma cosmovisão (visão de mundo) que influenciará naquilo que é ensinado.

Ensino Integral

A educação cristã… consiste em ensinar tudo, de ciências e matemática, a literatura e artes, dentro da estrutura de uma visão bíblica e integrada de mundo. Significa ensinar os estudantes a relacionarem todas as disciplinas à verdade de Deus e sua revelação.

Uma  escola cristã não é aquela que faz um culto durante a semana, ou uma oração antes da aula, é muito mais que isso. É aquela que trabalha princípios em todo momento.

Uma escola cristã também tem responsabilidade com um ensino transformador e, ao mesmo tempo, com a excelência. Sabendo disso, o maior objetivo da educação é o aprendizado, e por isso, a escola hoje deve nortear o seu trabalho usando a “CHAVE” da sabedoria para desenvolver em seus alunos: Conhecimento, Habilidades, Atitudes, Princípios e Emoções, pautados sempre na ética cristã.

Os professores de escolas cristãs são vocacionados, ou seja, são chamados para a missão de educar para transformar vidas por meio do conhecimento científico e da Palavra de Deus.  Os educadores, tornam-se exemplos e são responsáveis por construir junto aos estudantes, um conhecimento que norteará toda a sua vida.

O papel da família é fundamental

Mas, tudo isso só é possível com um trabalho de parceria: escola e família. A escola nunca substituirá o papel dos pais. Portanto, cada um deve ter em mente, de forma clara, qual a sua função na formação de um aluno.

O presente-futuro do aluno depende do quanto os pais estão dispostos a investir, a orientar, a amar, a disciplinar e a estarem presentes em sua vida, aqui em nosso caso especialmente a vida escolar. É preciso que os pais tenham compromisso, responsabilidade, autoridade, respeito e diálogo para plantar a mesma espécie de semente em um solo fértil, que é o coração dos seus filhos.

Nelson Mandela dizia: “As crianças de hoje são os líderes de amanhã, e a educação é uma arma muito importante para prepará-las para os seus futuros papéis, como líderes da comunidade.”

Por que não reconhecer que as crianças, os jovens e adolescentes poderão se tornar grandes líderes e fazer a diferença na sociedade em busca de um mundo melhor?

Alunos, nós acreditamos em vocês e no potencial que existe dentro de cada um de vocês. Faremos deste um ano extraordinário.

Por Adriana L. Moreira, inspirado na publicação da 7ª edição da revista Renascer, 2016.