OBA – Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

A OBA – Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica é um evento nacional que tem como objetivo principal propagar o conhecimento astronômico incentivando o interesse de jovens brasileiros pela Astronomia e pela Astronáutica. A OBA é um evento aberto à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, para alunos do primeiro ano do ensino fundamental até aos do último ano do ensino médio.

A OBA ocorre totalmente dentro da própria escola, tem uma única fase e é realizada dentro de um só ano letivo. A participação dos alunos é voluntária e não há obrigatoriedade de número mínimo ou máximo de alunos, ou seja, o número de alunos participantes não é determinado.

A MOBFOG – Mostra Brasileira de Foguetes é uma olimpíada inteiramente experimental, pois consiste em construir e lançar, obliquamente, foguetes, a partir de uma base de lançamento, o mais distante possível. Foguetes e bases de lançamentos devem ser construídos por alunos individualmente ou em equipes de até três componentes. Esta olimpíada também tem uma única fase, ocorre na própria Escola.

Tanto a OBA quanto a MOBFOG têm quatro diferentes níveis, conforme os anos nos quais os alunos estão estudando.

Medalhistas OBA 2019

Nível 3

Lorenzo P. Bonatti – Medalha de Ouro

Gabriel R. Jagielski – Medalha de Ouro

João G. Raysel – Medalha de Prata

Efraim Cabele Mertens – Medalha de Prata

Vinícius da Silva Lanser – Medalha de Bronze

Lucas Lewin Vilbert – Medalha de Bronze

Gustavo H. Probst – Medalha de Bronze

Nível 2

Zoe Christen – Medalha de Bronze

Rafael B. Gadotti – Medalha de Bronze

Leticia S. Rosa – Medalha de Bronze

Isabela Franzmann – Medalha de Bronze

Julia Cenci – Medalha de Bronze

Nível 1

Guilherme J. Trainoti – Medalha de Bronze