Laboratório de Práticas Pedagógicas

Quando um desejo pessoal o leva a aprender algo usando as mãos, desencadeia-se um processo complicado que gera uma poderosa carga emocional. Usar as mãos “libera” pensamentos que estão presos em sua cabeça.

O que você aprende ao criar metáforas tridimensionais cala muito mais fundo em sua mente do que você aprenderia por meio de simples palavras ou imagens bidimensionais. Os pensamentos que são “construídos” tendem a ser expressos em maiores detalhes e são mais facilmente compreendidos.

O trabalho no Laboratório de Práticas Pedagógicas visa levar o aluno a pesquisar, questionar, raciocinar, relacionar e a sair da teoria para a prática usando ensinamentos obtidos em sala de aula, na vivência cotidiana, nos relacionamentos, nos conceitos e valores.
Possibilita que a criança e o adolescente, seja capaz de interagir com a realidade e desenvolva a capacidade para formular e equacionar problemas.

“A todos esses deu capacidade para realizar todo tipo de obra, projetistas, bordadores, tecelões… Eram capazes para projetar e executar qualquer trabalho “. 
Êxodo 35:35

Proposta de Trabalho
– É utilizado como recurso para os alunos da Educação Infantil ao 9º. Ano,
– Cumprir a constituição do Laboratório de Práticas Pedagógicas
– Aulas realizadas de acordo com o currículo de cada turma,
– Proposta de atividade e montagem realizada em duas aulas,
– Recursos utilizados: peças LEGO e MINDSTORMS , microscópio, sucatas, material alternativo (papel, tinta, miçangas, linha, retalhos, botões…), vídeos, caixa de som, microfone, computador, internet…
– Aula desenvolvida com formação de equipes e distribuição de funções; com registro coletivo e/ou individual.
– Funções: – relator – construtor – organizador – apresentador

Etapas de Trabalho

  • Formar equipe
  • Definir as funções
  • Escolher um nome para o grupo
  • Elaborar o projeto
  • Guardar o material que não foi usado
  • Executar a construção
  • Apresentar a montagem
  • Desmontar e organizar todo o material

Objetivos das aulas no Laboratório de Práticas Pedagógicas
– Oportunizar um novo ambiente de aprendizagem capaz de integrar conceitos de diversas áreas de conhecimento;
– Utilizar conceitos aprendidos em outras áreas do conhecimento para o desenvolvimento de seus projetos;
– Promover atividades que gerem a cooperação em trabalhos de grupo;
– Estimular o crescimento individual através da troca de projetos e ideias;
– Levar o aluno a reconhecer que os erros podem gerar um processo de reflexão o que permitirá sua correção e garantirá maior segurança na resolução de problemas;
– Desenvolver o senso de responsabilidade e despertar a curiosidade;
– Desenvolver a confiança e auto-estima;
– Reconhecer a contribuição pessoal de cada um dos integrantes das equipes;
– Aprimorar a motricidade, através da execução de trabalhos manuais;
– Refletir sobre o erro e perder o medo de errar;
– Praticar a reciclagem de materiais;
– Aprender a trabalhar com diferentes materiais e ferramentas;
– Trabalhar de maneira cooperativa;

Constituição do Laboratório de Práticas Pedagógicas
1. Entrar devagar e sentar corretamente.
2. Aguardar as orientações da professora.
3. Levantar a mão quando precisar de ajuda ou quiser falar e prestar atenção quando alguém fala.
4. Respeitar a todos.
5. Desenvolver as atividades com dedicação, trabalhar em equipes e compartilhar o uso dos materiais.
6. Acessar as páginas da Internet conforme a orientação das atividades e manter as configurações do computador.
7. Cuidar das peças (Lego): não colocar na boca, não deixar peças no chão e não misturar as peças de outras caixas.
8. Zelar pelos equipamentos e móveis do laboratório (não mexer nos botões do monitor e gabinete, não passar o dedo na tela do monitor, não mover os equipamentos eletrônicos).
9. Guardar corretamente todas as peças que foram usadas.
10. Manter a sala limpa e organizar as cadeiras ao sair da sala