Inclusão na escola – Relato de uma mãe

O Princípio da Individualidade é um dos princípios norteadores trabalhados no Colégio Shalom. Esse princípio leva o aluno a entender que cada um é importante e único. Toda a comunidade escolar se preocupa em acolher a todos para que ninguém se sinta menor ou incapaz.

Rolenia Almeida é mãe de dois alunos no Shalom, Rebeca e Joshua, este um aluno inclusão. Ao receber uma carta escrita pela mãe agradecendo a equipe Shalom pelo trabalho feito com seu filho, a sensação é de que estamos no caminho certo. Aquilo que é ensinado sobre a Individualidade aos alunos é também vivido por toda a equipe. Leia abaixo o relato de Rolenia:

Hoje (dia 28 de março) foi um dia muito intenso, nosso pequeno guerreiro ficou 10 horas fora de casa entre trânsito, salas de espera, médicos, diagnósticos, terapias. Dias assim são exaustivos para o corpo, alma e mente. Mas são necessários e o nosso filho cumpre todo seu cronograma com muita responsabilidade. Ele é o meu herói com certeza!

Quando chegamos no fim do dia o desejo dele era comer e descansar, na verdade era ser “criança”. Quando a irmã chegou com as tarefas ele não reclamou, só não tinha mais tempo, pois precisava jantar e dormir.

Porém, ao ver a tarefa digitada e impressa, meu coração se encheu de alegria e emoção! Por quê? Porque um simples gesto de carinho e atenção facilitaram tanto a “vida escolar” dele. Isso realmente é inclusão, onde o apoio, cuidado, carinho, fazem superar as limitações e torna possível a caminhada dele no processo de aprendizagem.

Meu desejo é que possamos encontrar muitas outras pessoas e profissionais na nossa jornada, que realmente entenderam o real significado da palavra “inclusão”. Inclusão não significa separação, divisão. Significa “empatia” ao próximo, saber dividir o fardo, para que a caminhada se torne leve.

Com certeza aplaudimos à essa escola que sempre nos acolhe, se supera, nos surpreende e principalmente aos profissionais/professores que são fantásticos. Todos os anos, ao iniciar as aulas, fico com o meu coração apreensivo, pois não consigo imaginar os gigantes que teremos que vencer para conseguir concluir o mesmo. Mas com essa equipe “top” e principalmente voltada à Cristo, sempre concluímos com sucesso.

Professores de todas as disciplinas, funcionários… todos! Muito obrigada por ajudar a escrever a história de superação do nosso lindo guerreiro Joshua.

Com amor de uma mãe que se sente acolhida pela “família Shalom”,

Rolenia Almeida

 

Intenção de Matrícula

Intenção de Matrícula