Festa da Colheita 2015

Agradeço aos pais, alunos, professores e todos que tornaram a realização dessa festa uma realidade.

O tema desse ano é “Brasil Memória: Sementes da nossa História”.

Não escolhemos este tema de forma aleatória. A razão de homenagearmos o Brasil e vivenciarmos no dia de hoje, através das apresentações dos nossos queridos alunos um pouco da história dessa nação, tem um significado especial pra nós que somos uma escola de Educação por Princípios.

Através da linha do tempo, enxergamos a visão providencial de Deus para o Brasil. Não somos fruto do acaso ou de uma descoberta. O Brasil sempre foi um projeto e um sonho de Deus. Ele criou e formou esta nação tão formosa, composta pela diversidade cultural, de um povo que acima de tudo, aprendeu a lutar e manter suas conquistas.

Mas como entender a visão providencial de Deus?

Em um tempo que se acreditava que a Terra estava situada em cima de um grande animal ou gigante (1.500 A.C.), a Bíblia falou da posição da Terra no espaço em (Jó 26:7).: “O norte estende sobre o vazio; e suspende a terra sobre o nada.” A ciência não descobriu que a Terra não era sustentada por nada até 1650.

Até poucos séculos passados as universidades europeias ensinavam que o mundo era chato. O grande explorador Cristóvão Colombo cria de outra forma. Foi em virtude disto que se aventurou ao oceano desconhecido em 1492. Fernando Magalhães, o grande navegador do décimo sexto século, foi o primeiro a circunvagar o mundo, assim provando que o mundo é redondo. Desde 750 A. C. que as Escrituras haviam afirmado que a Terra era redonda, mas passaram-se mais de 2.000 anos até que o mundo todo concluísse que as Escrituras estavam certas: que o mundo era uma esfera.

Em meio às descobertas e terras que foram exploradas, cuja menção esta contida na palavra de Deus, estava o Brasil. Com seus primeiros habitantes. E Desde então, podemos perceber que todos os fatos da história apontam para um Criador. Apontam para as sagradas escrituras que são até hoje, uma fonte inesgotável de conhecimento e revelação para toda a humanidade.

Durante nossa Festa, celebramos com gratidão todas as lutas, guerras e conflitos vivenciados nesta nação, mesmo ao enfrentar uma das maiores crises econômicas, têm motivos para celebrar, porque temos um Deus que é provedor, por isso, sabemos que, “Em meio a todas essas coisas, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou”.

Adriana L Moreira

 

Assine nossa Newsletter