Educação por Princípios – 7 Princípios

Você já ouviu falar em Educação por Princípios? Então, vamos conhecer um pouco de cada um deles agora mesmo. Você vai perceber que esses princípios nos acompanham em todas as situações do dia a dia, e claro, na sala de aula também.

Os 7 princípios norteiam a nossa proposta, conduzem o aluno a um amadurecimento de suas atitudes, ideias e valores. Quem estuda no Shalom percebe que o conhecimento está conectado com a história, a ciência, a vida em comunidade e com Deus.

Administração – Trabalhar esse conceito visa que o aluno aprenda a administrar sua vida, a fim de que seja organizado com seu tempo, com suas tarefas, consigo mesmo e com seus bens materiais. A partir disso, o aluno tende a melhorar e avançar no seu desenvolvimento tornando-se cada vez mais apto para gerir sua própria vida.

Caráter – A formação do caráter em um indivíduo é muito importante, pois dela depende o seu sucesso no futuro. No contexto escolar, o objetivo é que nas atividades diárias, o aluno seja estimulado a ser firme e a ter coerência em suas atitudes, contribuindo para seu desenvolvimento como indivíduo comprometido e de caráter exemplar.

Semear e colher – Para toda ação existe uma reação. Com base nisso, o aluno deve compreender, ao estudar o princípio de semear e colher, que suas atitudes têm consequências, as quais podem ser agradáveis ou não, conforme àquilo que se plantou. O aluno é, então, incentivado a tomar atitudes positivas em seus relacionamentos e atividades em geral, a fim de que tenha em retorno às mesmas atitudes positivas.

Autoridade – O aluno é incentivado a respeitar e reconhecer às autoridades sobre sua vida, como pais, professores, diretores, governantes de sua sociedade e, inclusive, a reconhecer à autoridade de Deus, que é a Autoridade acima de todas.

Individualidade – Ao se trabalhar esse princípio no contexto escolar, o objetivo é que o grupo (classe de alunos) compreenda e respeite as características particulares de cada indivíduo. Dessa forma, promove-se o bom convívio e evita-se o preconceito entre os alunos.

Autogoverno – O indivíduo que consegue dominar suas emoções diante de uma circunstância de conflito consegue se sair melhor do que aquele que não consegue. Trabalhar o auto-governo é imprescindível tratando-se de convívio social. A partir desse princípio, os alunos são estimulados a pensarem antes de agir, evitando, dessa forma, intrigas e conflitos com seus colegas de classe.

União – Juntamente com o princípio de individualidade, o princípio da união visa à harmonia entre os alunos e escola. O objetivo é que o aluno compreenda que não é necessário um grupo homogêneo (todos iguais) para que haja harmonia entre seus integrantes. Pelo contrário, as diferenças tendem a acrescentar à riqueza do grupo. Pela compreensão disso, os alunos passam a respeitar uns aos outros e a trabalhar juntos.

É importante ressaltar que esses princípios não são exclusivos apenas à educação, pelo contrário, são princípios para a vida. Como a Educação do Colégio Shalom visa à formação integral, ou seja, para a família, para a escola e para a sociedade como um todo, nada mais adequado que se trabalhar a Educação por Princípios.

Conheça a história da Educação Por Princípios e a Associação de Escolas Cristãs de Educação Por Princípios – AECEP.

Ficou interessado? Venha nos conhecer mais de perto, clique no botão abaixo para receber mais informações.

Intenção de Matrícula