Diretora do Shalom participa do 6º Congresso Internacional sobre Liberdades Civis Fundamentais em Brasília 

Aconteceu no dia 08 de maio, no auditório do Superior Tribunal de Justiça em Brasília, o 6º Congresso Internacional sobre Liberdades Civis Fundamentais. A diretora do Colégio Shalom, Adriana L. Moreira, também vice-diretora da AECEP – Associação de Escolas Cristãs de Educação Por Princípios – compareceu como representante da associação. 

O tema deste ano foi “Liberdade religiosa, liberdade de expressão e objeção de consciência.” Esse Congresso é organizado todos os anos pela ANAJURE – Associação Nacional de Juristas Evangélicos.  

O evento foi realizado em parceria com a Chancelaria da Universidade Presbiteriana Mackenzie e contou com a presença de juristas nacionais e internacionais; líderes políticos e religiosos, além da presença de professores e estudantes de Direito de todo o país.  

O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Dr. Sergio Moro, esteve presente no evento. Ele contribuiu com reflexões e ponderações acerca da defesa da liberdade religiosa no Brasil e teve a oportunidade de ouvir o pleito de diversas organizações religiosas e juristas presentes. Moro também apresentou o projeto de lei anticrime – declarando que o povo brasileiro caminha com a sensação de medo e insegurança. Esses sentimentos são procedentes quando avaliamos os números de homicídios ocorridos no Brasil. Ele ressaltou a importância da condenação criminal em segunda instância que implica em mudanças no Código de Processo Penal. 

A Ministra Damares Alves, também esteve presente e relatou que o Brasil precisa de políticas públicas verdadeiras, “[…] estamos trabalhando para construir um novo Brasil”. Segundo a ministra, corrupção é uma violação aos direitos humanos. ”Sonhei com um Brasil que tivesse coragem de ocupar as tribunas da ONU e declarasse que esse país é pró vida. Não esperava que Deus daria a oportunidade a esta ministra que subiria naquela tribuna e diria: no Brasil protegeremos as crianças desde a concepção.”  

A ANAJURE tem como missão institucional primordial a defesa das liberdades civis fundamentais – em especial a liberdade religiosa e de expressão – e a promoção dos deveres e direitos humanos fundamentais – em especial o princípio da dignidade da pessoa humana, tudo isso sob a égide e as bases principiológicas do Cristianismo e do seu consectário histórico, o Estado Democrático de Direito.

6º Congresso Internacional sobre Liberdades Civis Fundamentais

Diretora Adriana L. Moreira e Dr. Uziel Santana

Embaixatrizes de Camerún e Índia

Intenção de Matrícula

Intenção de Matrícula